Visitas e palestras de sensibilização marcam o mês de março da nova gestão do OSB

O presidente do OSB ainda foi convidado e prestigiou a entrega de mais de 2 milhões de assinaturas da campanha do MPF, 10 medidas contra a corrupção

04 de abril de 2016 20:29

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | | | | | | | | | | | |

A nova diretoria do Observatório Social do Brasil (OSB), empossada no último dia 12 de março, durante o 7º Encontro Nacional dos Observatórios Sociais (ENOS), já está realizando visitas e as primeiras palestras de sensibilização da gestão 2016 – 2018.

O mês de março foi marcado por muitos compromissos, a começar pela reunião do presidente do OSB, Ney Ribas, e a diretora executiva, Roni Enara, com o superintendente do setor de apoio à pequena indústria da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Reinaldo Tokus, no dia 23. Na oportunidade foi apresentado o trabalho desenvolvido pelos observatórios visando uma parceria para aumentar o número de empresas cadastradas no Sistema Informatizado de Monitoramento de Licitações (SIM) utilizado pelos observatórios sociais. Ainda na Fiep, uma conversa com Osvaldir Nardin trouxe explicações sobre a “Campanha vote bem” da federação.

No dia 29, Ney e Roni desembarcaram em Brasília – DF e cumpriram os compromissos com o  presidente da Associação Nacional do Juízes Federais (Ajufe), Antônio Cesar Bocheneck,  buscando apoio da associação na capacitação dos observadores. No mesmo dia houve conversa com o presidente, Reinaldo Fujimoto, e os vice-presidentes, Douglas Scortegagna e José Branisso, da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb), objetivando apoio em ações da Rede OSB, projetos de educação para cidadania, inclusive Lei Rouanet, além da manutenção e ampliação de aporte financeiro para a constituição de novos OS.

O presidente do OSB ainda foi convidado e prestigiou a cerimônia de entrega de mais de 2 milhões de assinaturas da campanha do Ministério Público Federal (MPF), 10 medidas contra a corrupção.  O evento reuniu mais de 500 pessoas na Procuradoria Geral da República e Câmara de Deputados.

O dia seguinte foi marcado por reuniões na Controladoria Geral da União (CGU),  com a diretoria de promoção da Integridade, representada por Renato Capanema, com a secretaria de transparência e prevenção da corrupção, representada por Claudia Taya, além de Álvaro e Áudria, da diretoria de transparência e controle social. Foram definidas parcerias para formação de multiplicadores em cursos para os OS, workshops no encontro nacional e participação no Pacto Pelo Brasil, abraçado pelo Movimento Área Livre de Corrupção, do OSB.  Também foram tratadas as parcerias para as iniciativas da CGU, como o 8º Concurso de Desenho e Redação (CDR), o Programa Um por Todos e Todos por Um, e o Programa Olho Vivo no Dinheiro Público.

Ainda na capital federal, a pauta se estendeu ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em reunião com o conselheiro Fábio George. Ribas comentou sobre o apoio ao Pacto Pelo Brasil junto a Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA).

No Sebrae Nacional, Ney foi recebido pelo diretor de políticas públicas, Gilberto Socoloski e foram discutidas parcerias Sebrae e CGU nas ações sobre Integridade Empresarial e nos Órgãos Públicos, convênio Sebrae com Associação dos Tribunais de Contas (Atricon) e com a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

No Instituto de Fiscalização e Controle (IFC), a conversa com a presidente, Jovita Rosa, definiu a parceria do IFC no programa Auditoria Cívica.

O presidente do OSB não deixou Brasília sem visitar o Observatório Social da capital, presidido por Antonio Barros e coordenado por André Zanardi. Na oportunidade discutiu-se o andamento dos trabalhos no OS local e houve a apresentação do coordenador técnico, com agendamento para uma capacitação.

Além da agenda de visitas, 2 palestras de sensibilização foram realizadas: em Nova Esperança – PR no dia 23, proferida pela vice-presidente do Conselho Superior do OSB, Elza Martelli Xavier, do OS de Madaguari – PR/Adama;  e em Foz do Iguaçu, no último dia 31, proferida por Ney Ribas, em evento de mobilização do OS local.

Com informações da diretoria executiva
Por Anderson L. Nicoforenko

 

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br