Visitas e palestras de sensibilização marcam o mês de março da nova gestão do OSB

O presidente do OSB ainda foi convidado e prestigiou a entrega de mais de 2 milhões de assinaturas da campanha do MPF, 10 medidas contra a corrupção

04 de abril de 2016 20:29

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | | | | | | | | | | | |

A nova diretoria do Observatório Social do Brasil (OSB), empossada no último dia 12 de março, durante o 7º Encontro Nacional dos Observatórios Sociais (ENOS), já está realizando visitas e as primeiras palestras de sensibilização da gestão 2016 – 2018.

O mês de março foi marcado por muitos compromissos, a começar pela reunião do presidente do OSB, Ney Ribas, e a diretora executiva, Roni Enara, com o superintendente do setor de apoio à pequena indústria da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Reinaldo Tokus, no dia 23. Na oportunidade foi apresentado o trabalho desenvolvido pelos observatórios visando uma parceria para aumentar o número de empresas cadastradas no Sistema Informatizado de Monitoramento de Licitações (SIM) utilizado pelos observatórios sociais. Ainda na Fiep, uma conversa com Osvaldir Nardin trouxe explicações sobre a “Campanha vote bem” da federação.

No dia 29, Ney e Roni desembarcaram em Brasília – DF e cumpriram os compromissos com o  presidente da Associação Nacional do Juízes Federais (Ajufe), Antônio Cesar Bocheneck,  buscando apoio da associação na capacitação dos observadores. No mesmo dia houve conversa com o presidente, Reinaldo Fujimoto, e os vice-presidentes, Douglas Scortegagna e José Branisso, da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb), objetivando apoio em ações da Rede OSB, projetos de educação para cidadania, inclusive Lei Rouanet, além da manutenção e ampliação de aporte financeiro para a constituição de novos OS.

O presidente do OSB ainda foi convidado e prestigiou a cerimônia de entrega de mais de 2 milhões de assinaturas da campanha do Ministério Público Federal (MPF), 10 medidas contra a corrupção.  O evento reuniu mais de 500 pessoas na Procuradoria Geral da República e Câmara de Deputados.

O dia seguinte foi marcado por reuniões na Controladoria Geral da União (CGU),  com a diretoria de promoção da Integridade, representada por Renato Capanema, com a secretaria de transparência e prevenção da corrupção, representada por Claudia Taya, além de Álvaro e Áudria, da diretoria de transparência e controle social. Foram definidas parcerias para formação de multiplicadores em cursos para os OS, workshops no encontro nacional e participação no Pacto Pelo Brasil, abraçado pelo Movimento Área Livre de Corrupção, do OSB.  Também foram tratadas as parcerias para as iniciativas da CGU, como o 8º Concurso de Desenho e Redação (CDR), o Programa Um por Todos e Todos por Um, e o Programa Olho Vivo no Dinheiro Público.

Ainda na capital federal, a pauta se estendeu ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em reunião com o conselheiro Fábio George. Ribas comentou sobre o apoio ao Pacto Pelo Brasil junto a Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA).

No Sebrae Nacional, Ney foi recebido pelo diretor de políticas públicas, Gilberto Socoloski e foram discutidas parcerias Sebrae e CGU nas ações sobre Integridade Empresarial e nos Órgãos Públicos, convênio Sebrae com Associação dos Tribunais de Contas (Atricon) e com a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

No Instituto de Fiscalização e Controle (IFC), a conversa com a presidente, Jovita Rosa, definiu a parceria do IFC no programa Auditoria Cívica.

O presidente do OSB não deixou Brasília sem visitar o Observatório Social da capital, presidido por Antonio Barros e coordenado por André Zanardi. Na oportunidade discutiu-se o andamento dos trabalhos no OS local e houve a apresentação do coordenador técnico, com agendamento para uma capacitação.

Além da agenda de visitas, 2 palestras de sensibilização foram realizadas: em Nova Esperança – PR no dia 23, proferida pela vice-presidente do Conselho Superior do OSB, Elza Martelli Xavier, do OS de Madaguari – PR/Adama;  e em Foz do Iguaçu, no último dia 31, proferida por Ney Ribas, em evento de mobilização do OS local.

Com informações da diretoria executiva
Por Anderson L. Nicoforenko

 

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br