Educação Fiscal:
OSB Pindamonhangaba realiza evento para mais de 500 profissionais da educação no município

Encontro realizado através do Canal Oficial da Prefeitura de Pindamonhangaba

O evento online “Com a palavra” realizado na manhã de hoje (7), reuniu cerca de 500 profissionais e apresentou experiências positivas sobre o trabalho com Educação Cidadã. O evento foi organizado pelo Observatório Social de Pindamonhangaba em parceria com a Prefeitura de Pindamonhangaba por meio da Secretaria de Educação.

O encontro contou com a participação de Cristian de Oliveira, coordenador de projetos da Secretaria Municipal de Educação de Lages, Luiz Spricigo, auditor fiscal da Receita Federal e Cristiane Alves, coordenadora no Observatório Social de Lages-SC, e voluntária do Observatório Social de Santa Catarina.

Para Marilena Reale, líder da Educação Cidadã, do Observatório de Pindamonhangaba, o dia  7 de abril será inesquecível para a cidadania. “Nosso encontro foi muito rico em informações e tenho certeza que abriu portas para muitos projetos na cidade”, comemorou.

Luiz Spricigo destacou os projetos que acontecem em parceria com universidades e com a Prefeitura de Lages, inclusive para treinamento dos professores. Já o coordenador Cristian de Oliveira, apresentou ideias criativas, que são utilizadas na formação continuada dos professores, além de destacar o envolvimento do prefeito e vice-prefeito da cidade. A voluntária Cristiane Alves, reforçou a ideia de que “cidadania começa em casa”, mostrando muito entusiasmo ao falar dos projetos de educação fiscal, que acontecem em Lages, desde 2012.

De acordo com Mara Bolson, presidente do Observatório Social de Pinda, temos cidadãos melhores quando educamos as crianças. “Esse projeto de Educação Cidadã apresenta resultados positivos em todos os lugares em que é realizado, então acreditamos que possa ser muito eficiente em Pindamonhangaba também”, avalia.

O auditor da Receita afirmou que o projeto de Educação Fiscal é algo que se planeja para o futuro. “Apesar de obtermos resultados positivos, não é algo imediato e conquistar voluntários para o projeto, especialmente, professores, é uma ação feita a longo prazo”, salientou.  

A efetiva participação de professores e coordenadores da Rede Municipal mostrou que o Projeto tem tudo para se efetivar na cidade. “Agradecemos a parceria da Prefeitura de Pindamonhangaba e esperamos conquistar novos voluntários para esse projeto que já começa a se tornar realidade”, concluiu a presidente.

Sobre o Observatório Social

O Observatório Social do Brasil (OSB), entidade da sociedade civil, de fins não lucrativos, tem seus objetivos focados na contribuição para a melhoria da gestão pública, trabalhando em favor da transparência e da correta aplicação dos recursos públicos.

Democráticos e apartidários, os Observatórios Sociais – OSBs estão presentes em mais de 150 cidades de 17 estados brasileiros. O Observatório Social atua no monitoramento das licitações municipais e da produção legislativa, assim como na inserção de empresas locais nas compras públicas, construção dos Indicadores da Gestão Pública e em ações de educação para a cidadania.

Em Pindamonhangaba, durante a pandemia,  as reuniões acontecem de forma online, uma vez ao mês, via zoom, das 17h30 às 18h50. A próxima será realizada no dia 29 de abril, o link será disponibilizado em nossas redes sociais. Participe!  

Assista o vídeo no YouTube:

Contato para imprensa:

 OSB Pindamonhangaba: Mara Bolson (12) 99744-6128

Assessoria de imprensa voluntária: Maura Lídia do Vale – (12) 997730118

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br