OSB promove palestra para incentivar a criação do Observatório Social de Maceió

Evento será realizado nesta segunda-feira (02), no TCE/AL e é aberto para toda a sociedade

30 de maio de 2014 19:20

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | |

O Observatório Social do Brasil (OSB) realiza nesta segunda-feira (02), na capital alagoana, um evento de sensibilização para criar o Observatório Social de Maceió. O evento será realizado no Tribunal de Contas do Estado (TCE/AL), a partir das 19h30, e será aberto a sociedade.

Na palestra, a diretora executiva do OSB, Roni Enara, apresentará os objetivos e trabalho da Rede OSB e discutirá a proposta de criação do OS Maceió. A implantação do observatório na cidade já conta com o apoio de diversas entidades, como TCE, Prefeitura Municipal e Fórum de Combate à Corrupção (Focco/AL).

José Arnóbio Ferrão, autor do projeto “Conscientização da sociedade acerca da importância de implantar o Observatório Social de Maceió” e integrante da comissão de implantação da entidade na capital, explica que as conversas para criar o OS vem acontecendo há um ano, e que ele será de suma importância para fazer o acompanhamento dos gastos públicos do município. “Inicialmente podemos pensar em fazer o acompanhamento do processo licitatório das despesas com a merenda escolar, assim como fazer a verificação para saber se os artigos foram entregues corretamente, bem como verificar o controle contábil e patrimonial dos referidos produtos”, explica Ferrão, que também acredita que o trabalho de controle social pode ir além. “Não podemos deixar de fora a capacitação das merendeiras e dos respectivos conselhos, visando que haja todo o controle e uma boa preparação das refeições”.

O secretário municipal de Controle Interno (SMCI), Fellipe Mamede, destacou a importância da implantação do Observatório na capital e reforçou o empenho da Prefeitura de Maceió para a promoção da transparência. “A Prefeitura, por meio da SMCI vai dar todo o apoio possível para a implantação do Observatório na cidade, considerando que o trabalho da entidade culmina com a política da gestão Rui Palmeira, que é focada e transparente. O Observatório é uma iniciativa de sucesso já praticada em outros estados, então será muito bem-vinda para contribuir com as ações de fortalecimento do controle social e da democracia em Maceió”, afirmou.

O Fórum de Combate à Corrupção (Focco/AL) também faz parte do grupo que incentiva a criação do OSB em Maceió. A controladora-geral, Rosa Barros Tenório, declarou que, mais que o monitoramento, o OSB tem um grande papel na educação fiscal do cidadão. “É exercício de cidadania que fortalece o controle social e a melhoria da gestão pública no nosso Estado”, afirma.

A Rede Observatório Social do Brasil

Um Observatório Social (OS) é um espaço para o exercício da cidadania; deve ser democrático, apartidário e reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública.

Cada Observatório Social é integrado por cidadãos brasileiros que transformaram o seu direito de indignar-se em atitude: em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos. São empresários, profissionais, professores, estudantes, funcionários públicos e outros cidadãos que, voluntariamente, entregam-se à causa da justiça social.

A Rede OSB está presente em 80 cidades, em 15 estados brasileiros. São mais de 1500 voluntários trabalhando pela causa da justiça social nos Observatórios Sociais pelo Brasil afora. Estima-se que em 2012, com a contribuição desses voluntários, houve uma economia de mais de R$ 305 milhões para os cofres municipais. “Com a minha experiência empresarial, reconheço a efetividade dos resultados dos Observatórios Sociais em razão das ações preventivas. Os Observatórios atuam antes do recurso sair dos cofres públicos, evitando o desperdício e a corrupção. Cada cidade brasileira precisa de uma ferramenta como esta, por meio da qual o cidadão interessado na coisa pública pode contribuir para melhorar a transparência e a qualidade da aplicação dos recursos da prefeitura”, afirma o presidente do Observatório Social do Brasil, Ater Cristófoli.

Serviço

  • Evento: Palestra de Sensibilização para criação do Observatório Social de Maceió
  • Data: 02/06/2014
  • Horário: 19h30
  • Local: Auditório do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE/AL)
  • Endereço: Av. Fernandes Lima, 1047 – Farol – Maceió – AL

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br