OS defende a extinção de assessores parlamentares em Foz do Iguaçu

Entidade destaca necessidade de cortes reais no quadro de cargos comissionados

27 de janeiro de 2017 13:29

O presidente do Observatório Social de Foz do Iguaçu – PR, Juliano Biccgo, visitou a redação do Jornal Gazeta Diário na manhã do último dia 25 para pontuar a opinião da entidade sobre a previsão de economia de R$ 1.655.384,88 anunciada pela nova gestão da Câmara Municipal para o exercício das atividades legislativas de 2017. De acordo com o representante do órgão fiscalizador, a medida é benéfica para o município, porém não o suficiente.

Em 2016, as despesas com cargos comissionados no Legislativo custaram aos cofres públicos do Município R$ 9,3 milhões, pagos para 75 pessoas que ingressaram no funcionalismo público sem a necessidade de realizar concurso.

Confira abaixo a entrevista de Biccgo publicada na versão impressa da edição do dia 26 do jornal.

Clique para ampliar em nova aba

Via Gazeta Diário

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br