Observatório Social do Brasil realiza palestra no município de Picos – PI

Cidade se prepara para lançar OS nos próximos dias. Será a primeira entidade de controle social a integrar a rede OSB no Piauí

18 de fevereiro de 2014 17:02

Veja outras publicações das mesmas tags: | | |

O município de Picos – PI recebeu nesta segunda-feira (10) a diretora executiva do Observatório Social do Brasil (OSB), Roni Enara, e o vice-presidente para Assuntos de Controle e Defesa Social, Ney da Nóbrega Ribas. Os diretores da entidade realizaram na ocasião, no auditório da Universidade Federal do Piauí, a palestra “Observatório Social e a qualidade na aplicação dos recursos públicos”, na qual abordaram os trabalhos realizados pela rede OSB, seus objetivos, modo de atuação, e exemplos de benefícios.

Durante a palestra foram apresentados vários exemplos de descaso com o dinheiro público e como o monitoramento sistemático, obedecendo a uma metodologia padronizada e com conhecimento técnico, pode reduzir o valor gasto pelos municípios em mais de 80%.

Roni afirmou na palestra que um Observatório Social é um espaço único onde os próprios cidadãos podem se reunir e aprenderem uma nova metodologia como forma de acompanharem as cotas públicas, bem como suas aplicações. “É um lugar onde as pessoas podem entender como é que funciona essa questão do recurso público que são compostos pelos impostos que nós pagamos. Hoje estamos em 14 estados, 80 cidades. O Piauí é o 15º estado a implantar o programa, e a cidade de Picos é a pioneira”, explicou a diretora, que também enfatizou que qualquer pessoa pode participar, contanto que não seja filiada a nenhum partido político, para que não haja interferência no andamento da organização. “Nós queremos contribuir para a melhoria da aplicação do recurso público e gestão pública. Não estamos contra nenhum gestor, só queremos a coisa bem feita”, finalizou.

A palestra foi elaborada em parceria com a Comissão Organizadora do Observatório Social de Picos – grupo que fundará o OS no município nos próximos dias.

Muitas pessoas já se voluntariaram para ajudar o OS de Picos. (Foto: Divulgação)

Muitas pessoas já se voluntariaram para ajudar o OS de Picos. (Foto: Divulgação)

O advogado Tiago Lopes Rego, voluntário do grupo de criação do OS de Picos falou sobre a importância da entidade no município. “Acreditamos que o Observatório social seja um divisor de águas na cidade, aos poucos o ceticismo vai dando lugar ao otimismo, as pessoas estão acreditando que é possível tratar as coisas públicas com seriedade. No fundo nossa missão tem como pano de fundo devolver a sociedade a esperança de que nem tudo está perdido, de que não é utopia ser ético, honesto nas nossas ações do dia-a-dia”, explicou.

O Voluntário também falou sobre o início das atividades do OS. “Muitas pessoas já se voluntariaram para ajudar o OS de Picos, já há grupos trabalhando em relação aos mantenedores, local para a sede, apoios institucionais e equipes de trabalho. Nas próximas semanas a comissão organizadora deverá marcar a data para a formalização da entidade”, finalizou.

Fontes: Grande Picos; Folha Atual

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br