Observatório Social apresenta ações à sociedade

De acordo com o presidente do Observatório Social, José Francisco Siqueira, o objetivo da conferência foi mostrar a população que o órgão não age sozinho; apresentar as ações que são desenvolvidas junto à Câmara de Vereadores e à Prefeitura; e ouvir representantes da Acisi e MP sobre o OS

16 de setembro de 2013 18:22

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | |

O Observatório Social de Ivaiporã promoveu uma conferência com o tema: “A Influência do Observatório na Sociedade Organizada”, na quinta-feira, dia 22 de agosto, na Câmara de Vereadores de Ivaiporã.

A ação contou com a participação do promotor de Justiça, Rodrigo Baptista Braziliano; presidente da Acisi (Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Ivaiporã) Miguel Amaral; vice-presidente do Observatório de Gestão Pública de Londrina, Fábio Cavazotti; vereadora Nadir Maciel; e de representantes do poder Executivo.

O presidente do Observatório Social, José Francisco Siqueira, disse que o objetivo da conferência foi mostrar a população que o órgão não age sozinho; apresentar as ações que são desenvolvidas junto à Câmara de Vereadores e à Prefeitura de Ivaiporã; e ouvir dos membros dos dois órgãos, Acisi e do Ministério Público, o que podem dizer da atuação do Observatório Social.

Siqueira explicou que a conferência também serviu para mostrar algumas demandas do Observatório Social, que continua sendo um órgão pequeno e que precisa de apoio para desenvolver as ações. “Precisamos de voluntários para ajudar no acompanhamento das licitações, entrega dos produtos adquiridos pela Prefeitura Municipal, e realizar pesquisa de campo para averiguar o serviço desenvolvido pela administração, assim como auxílio financeiro para manter o trabalho”, disse o presidente do Observatório Social.

O promotor de Justiça, Rodrigo Braziliano, disse que a participação da população junto ao Observatório Social é muito importante, porque se trata de um órgão autônomo. Como não tem ligação com a Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores e com o Ministério Público, é um canal que pode ser usado pela população para o apontamento de denúncias e irregularidades. “O Observatório Social é muito importante, porque muita coisa não chega ao nosso conhecimento e esse trabalho ajuda o Ministério Público, que tem o campo de visão ampliado”, declarou o promotor.

Rodrigo Braziliano lembrou que a população tem que participar e ajudar no desenvolvimento do município, e partilhou que chegou a Ivaiporã no 1º semestre de 2013, quando o Observatório Social apontou algumas reclamações e denúncias. Segundo o promotor, várias delas não chegaram a gerar irregularidades e outras acabaram sendo solucionadas sem a necessidade de uma demanda judicial. “Não é necessário que todos os apontamentos do Observatório Social se tornem uma ação civil pública. O importante é corrigir o problema antes de qualquer outra irregularidade, desde que seja algo sanável”.

Via Paraná Centro

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br