Nova diretoria do Observatório Social do Brasil - SC vai ampliar ações em licitações públicas

Alexsandro Schu, de Joinville, assume a presidência nesta terça-feira (08)

“Vamos consolidar as ações de monitoramento das licitações do Executivo e Legislativo e ampliar nossa rede para atuar no ponto crítico – o acompanhamento das entregas dos produtos e serviços contatados”, confirmou Alexsandro Schu, que presidirá a instituição no próximo biênio. O OSB está presente em 31 municípios catarinenses, com cerca de 600 voluntários, dedicados à promoção da educação fiscal e na defesa da transparência e da qualidade da aplicação dos recursos públicos.

“Nosso estado já tem uma das mais expressivas representações nacionais – e vamos trabalhar para expandir e fortalecer a rede de Observatórios municipais, multiplicando nosso alcance”, acrescenta o novo presidente. “O trabalho do OSB – Santa Catarina também está alicerçado em parcerias com entidades privadas e órgãos públicos fiscalizadores”, lembra Alexsandro Schu. Um dos primeiros desafios da nova gestão será a obtenção do equilíbrio financeiro do projeto. “Precisamos captar novos apoiadores, sejam pessoas físicas, entidades ou empresários, dispostos a contribuir com o exercício da cidadania e a melhoria da gestão pública”, explica.

 

Diretoria OSB-SC 2020 – 2022

Presidente Alexsandro Schu/ Joinville

VP Administrativo-Financeiro João Alfredo Campos Júnior/ Fpolis

VP Comunicação Carlos Stegemann/ Fpolis

VP Tecnologia da Informação Jean Sandro Pedroso/ Rio do Sul

VP de Controle e Defesa Social Evandro Carlos Gevaerd/ Brusque

VP de Produtos, Metodologia e Certificação Fabiano Ventura dos Santos/ Lages

VP Assuntos Institucionais e de Alianças Leonardo Costa/ Fpolis

 

Conselho Fiscal

Daniela Zimmermann Schmitt

Moacir dos Santos Vinci

Everton Luiz Macedo

 

Contatos

Carlos Stegemann/ Vice-Presidência de Comunicação

48 999 723 891

diretor@palavracom.com.br

Como funciona o OSB – Santa Catarina?

AS – Somos uma instituição jovem, de apenas dois anos e o único Observatório Social estadual do país. Temos Observatórios Sociais em 31 cidades catarinenses e 600 voluntários – empresários, profissionais liberais, professores, estudantes, funcionários públicos e outros cidadãos que, voluntariamente, entregam-se à causa da justiça social. Temos parcerias com entidades e órgãos públicos fiscalizadores e privados de importância estratégica, para promovermos a defesa da transparência e a qualidade da aplicação dos recursos públicos e a promoção da educação fiscal.

Qual o papel do OSB-SC em relação às licitações públicas?

AS – Defendemos a inserção da micro e pequena empresa nos processos licitatórios, contribuindo para a geração de empregos e a redução da informalidade, aumentando a concorrência e melhorando a qualidade e o preço nas compras públicas. Não somos uma entidade com foco na denúncia, mas na orientação e no monitoramento desses processos.

E a importância das eleições municipais?

AS – Trata-se de um momento de larga importância para a sociedade, pois o cidadão consegue acompanhar e fiscalizar de perto os candidatos e os eleitos, se as campanhas respeitam as leis eleitorais e se as promessas serão cumpridas. Os Observatórios Sociais divulgam à população os meios para exercer esse monitoramento social.

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br