Irati e Campo Mourão também se mobilizam em campanha anticorrupção do MPF

Coleta de assinaturas supera meta em Campo Mourão. Em Irati o Observatório Social recolheu adesões com a Aciai

17 de dezembro de 2015 19:45

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | | | | | | | |

Em evento que o Observatório Social de Campo Mourão realizou na noite da última sexta-feira (11/12), no auditório da Associação Comercial e Industrial (Acicam), foi feito o repasse de 5.781 assinaturas de apoio da comunidade ao Movimento “10 Medidas Contra a Corrupção”. A adesão dos mourãoenses a mobilização nacional de apoio às propostas apresentadas pelo Ministério Público Federal superou a meta inicial, que era a coleta de cinco mil assinaturas na cidade.

A entrega dos abaixo-assinados de apoio foi feita ao promotor Luciano Rahal pelo presidente do Observatório Social de Campo Mourão, Roberval Melo Ruscetto. A mobilização em Campo Mourão teve a participação também do Ministério Público Estadual, do Rotaract e do Conselho do Jovem Empresário (Conjove-Acicam), além do apoio de várias empresas e instituições onde funcionaram postos de coleta de adesões.

Campo Mourão foi a terceira cidade paranaense a aderir ao movimento, através de parceria da 3ª Promotoria Pública (por meio do promotor Marcos Porto) com o Observatório Social. O trabalho estendeu-se por mais de quatro meses e até o avô do promotor Luciano Rahal, que tem mais de 90 anos e reside no interior do Estado de São Paulo, coletou assinaturas na sua cidade.

Irati 

Em Irati – PR o Observatório Social realizou na manhã do último sábado, 12 Dezembro, em parceria com Associação Comercial e Empresarial de Irati – Aciai, a coleta de mais 250 assinaturas.

Irati_foto 10 medidas5Simone

10 medidas 

Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos; Responsabilização dos partidos políticos e criminalização do Caixa 2; Reforma do sistema de prescrição penal; Eficiência dos recursos no processo penal; Prisão preventiva para assegurar a devolução do dinheiro desviado; Prevenção à corrupção; Transparência e proteção à fonte de informação; Aumento das penas e crime hediondo para corrupção de altos valores; Celeridade nas ações de improbidade administrativa; Ajustes nas nulidades penais e recuperação do lucro derivado do crime.

Para que as medidas contra a corrupção propostas pelo Ministério Público Federal sejam apreciadas e deliberadas pelo Congresso Nacional, na forma de projeto de lei de iniciativa popular, são necessárias 1,5 milhões de assinaturas de populares.

Fotos e informações Tá Sabendo e OS Irati

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br