Dados abertos podem ajudar no exercício da cidadania

LAI revelou que 5% da população de um município de SP integra folha de pagamento da prefeitura

25 de fevereiro de 2015 23:36

No último sábado (21) foi comemorado o Open Data Day, ou dia mundial dos dados abertos, com eventos em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. O programa Ponto Com Ponto Br de segunda-feira (23) conversou com Fernanda Campagnucci, assessora especial da Controladoria Geral de São Paulo e com Otávio Santos, do grupo Calango Hacker, que falaram como o dado aberto pode ajudar no exercício da cidadania.

O termo dados abertos ou open data corresponde a ideia de que alguns dados ou informações devem estar disponíveis para que todos possam usar, sem mecanismos de controle.

Para Otávio Santos, quanto mais aberta a informação, melhor a qualidade do serviço público. O representante do Calango Hacker citou como exemplo de controle social, o caso de um município com sete mil habitantes, onde, pela Lei de Acesso à Informação, a população descobriu que a prefeitura tinha 350 pessoas na folha de pagamento. O número corresponde a 5% da população do cidade. “Você tendo as informações abertas e conseguindo saber como é que o dinheiro público está sendo empregado, você consegue ser um olho a mais para ajudar a ver onde há discrepâncias”, afirmou Santos.

Em São Paulo, um grupo pegou a lista em PDF divulgada pela imprensa dos maiores consumidores de água do estado, transformaram a lista em formato aberto e construíram gráficos e visualizações melhores para as pessoas entenderem a questão da crise hídrica, exemplificou Fernanda Campagnucci. “Muita coisa foi feita com os arquivos disponibilizados”, ressaltou a assessora especial da Controladoria Geral de São Paulo.

Confira a entrevista na íntegra.

O Ponto Com Ponto BR é uma produção das Rádios e do Portal EBC e vai ao ar todas as segundas-feiras, às 17h, nas rádios Nacional de Brasília e MEC AM do Rio de Janeiro.

Via EBC Rádios

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br