ABRACCI adere a campanha por presidente ficha-limpa para Câmara e Senado

O princípio da Lei da Ficha Limpa deve ser aplicado de forma regular também para as eleições da direção das casas Legislativas. Dessa forma se faz necessária a normatização, ou seja, lei específica, para evitar problemas assim em todas as casas legislativas que hoje não tem exigências desta ordem

29 de janeiro de 2013 18:36

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | |

Nesta segunda-feira, 28, a ABRACCI se posicionou frente a possível volta do senador Renan Calheiros (PMDB/AL) à presidência do Senado e do deputado Henrique Eduardo Alvez (PMDB/RN) para a presidência da Câmara Federal. A Articulação considera que ambas as casas legislativas, tanto o Senado como a Câmara, devem ser presididas por políticos de conduta ilibada.

Clique aqui para baixar o boletim sobre o manifesto “A Voz do Cidadão” da Rádio CBN

Renan Calheiros renunciou ao cargo de Presidente do Senado em dezembro de 2007, num acordo para preservar seu mandato. Graves denúncias pesam sobre a vida política de Renan. Há um inquérito, que corre em segredo de justiça, aberto há cinco anos e meio para investigar a apresentação de notas frias pelo senador. O retorno de Renan Calheiros à Presidência simboliza a desmoralização do Parlamento.

Da mesma forma, o deputado Henrique Eduardo Alvez, favorito para presidir a Câmara Federal, possui uma ficha repleta de denúncias sobre desvio de recursos de emendas parlamentares para empresa de seu assessor.

Os dois casos devem ser investigados e esclarecidos devidamente, e antes disso, é inaceitável que qualquer um dos candidatos tomem dois dos mais altos postos da República. A sociedade não tolera mais a corrupção e o descaso com a saúde, a educação, a segurança, o transporte e demais serviços públicos, que martirizam a vida das pessoas mais pobres. Sabemos que são muito elevadas as responsabilidades do Senado e da Câmara e muito amplos os poderes dos seus presidentes.

O princípio da Lei da Ficha Limpa deve ser aplicado de forma regular também para as eleições da direção das casas Legislativas. Dessa forma se faz necessária a normatização, ou seja, lei específica, para evitar problemas assim em todas as casas legislativas que hoje não tem exigências desta ordem.

A ABRACCI espera que os Senhores e Senhoras Senadores e Senadoras, Deputados e Deputadas, escolham um presidente ficha-limpa, de vida pregressa limpa e sem denúncias polêmicas, comprometido com o desenvolvimento social e que seja capaz de dirigir as Casas com independência e dignidade.

Assine aqui o manifesto para um presidente Ficha Limpa para o Senado Federal

Via ABRACCI

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br