Vereadores buscam consenso por 15 vagas na Câmara de Apucarana

Tema foi discutido em reunião com participação do OSA, mas decisão final ainda será debatida novamente

24 de março de 2015 10:42

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | | | | |

A Câmara de Apucarana sinalizou na última segunda-feira (23) que pode reduzir o número de cadeiras para a próxima legislatura de 19 para 15, durante reunião na sala da presidência com representantes do Observatório Social de Apucarana (OSA), o promotor Eduardo Cabrini e representantes da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O assunto vem gerando polêmica na Casa. A Câmara aprovou em 2013 o aumento de 11 para 19 cadeiras. No entanto, o Observatório defende a manutenção de 11 vagas, argumentando elevação de gastos na ordem de R$ 1,7 milhão por ano. Já o MP, na figura do promotor Cabrini, diz que o Legislativo pode ter “no máximo” 15 vagas, conforme a representatividade.

O presidente da Câmara, José Airton Deco de Araújo (PR), foi quem propôs que os vereadores apresentem um projeto reduzindo de 19 para 15, porém assinado por todos. Essa proposta, no entanto, ainda será discutida numa outra reunião com apenas os 11 vereadores. “Onze é pouco, 19 seria muito e 15 é razoável, dentro do aceitável”, disse Deco, justificando que este seria também um número aceito pela população.

Via TNOnline
Foto Delair Garcia

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br