Transparência da informação

Por Jonas Tadeu Nunes, Coordenador Executivo do Observatório Social de Itajaí

29 de julho de 2013 19:08

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | | | |

Um país sem informação, sem transparência, é um país corrupto, um país desleal com sua população, já que o dinheiro gasto para sua manutenção e inovação é de todo mundo, rico ou pobre.

Nossa Constituição Federal assegurou a toda população o princípio da transparência na administração pública, que há muito tempo serve como pilar para qualquer órgão do governo. Porém, como todo princípio, é passível de diversas interpretações, o que acaba por deixar a transparência não tão transparente assim.

Agora, com a nova Lei da Informação Pública, já em vigor no dia 16 de maio de 2011, a possibilidade de haver diversas interpretações irá por água abaixo. Estabelece a lei que qualquer interessado pode apresentar pedido de acesso a informações aos órgãos públicos, sendo necessário apenas conter a identificação do requerente e especificação da informação requerida, sendo vedado à administração exigir do cidadão os motivos de tal solicitação. Deve-se autorizar o acesso imediato à informação e, não sendo isso possível, de forma imediata, dever-se-á dar uma resposta em prazo não superior a 20 dias.

A única documentação que não será autorizada é a que contém informação sigilosa, que seja imprescindível à segurança da sociedade ou do Estado, e poderá ser ultrassecreta, com prazo de 25 anos, secreta, com prazo de 15 anos, ou reservada, com prazo de cinco anos. Transcorrido esses prazos, a informação se tornará automaticamente pública e acessível a todos.

O Serviço de Informação ao Cidadão – SIC será gratuito, salvo se houver reprodução dos documentos pela administração pública, que poderá cobrar exclusivamente o valor necessário ao ressarcimento do custo dos serviços e dos materiais utilizados. O cidadão que não tenha condição econômica estará isento desse ressarcimento.

Você, cidadão itajaiense, pode e deve exercer sua cidadania, exigindo acesso à informação pública, pois, todo o dinheiro aplicado pelos órgãos públicos é seu, meu, de todos nós. Vamos cobrar de nossos governantes uma melhor aplicação de nosso dinheiro, com embasamento, com propriedade, sabendo onde realmente ele está sendo empregado.

Via OS de Itajaí

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br