Seminário digital discutirá transparência em compras públicas

Evento online vai reunir, pela primeira vez na internet, as maiores autoridades em governança e gestão públicas do país.

Publicado para | Controle Social | Destaque | Educação Fiscal | Evento | Gestão Pública | Licitação | Licitações | Participação popular | Participação social | Utilidade Pública em 14 de junho de 2017 13:22

O Seminário Digital – Transparência nas compras públicas é a primeira ação do 1° Congresso PACTO PELO BRASIL – Calamidades x Eficiência da Gestão Pública, realizado pelo Observatório Social do Brasil, que terminou hoje em Curitiba. Pela primeira vez na internet, o evento digital vai reunir as maiores autoridades em governança e gestão pública do país. As inscrições são gratuitas e o material estará disponível entre os dias 13 e 16 de julho 01 e 04 de agosto, no site comprasgov.com.br.

Durante os quatro dias, mais de 50 palestrantes, especialistas em compras públicas e transparência, debaterão sobre a transparência e o acesso às informações de compradores e fornecedores públicos, com o objetivo de aprofundar as discussões sobre o tema por meio de debates e painéis.

“A ideia é dar acesso gratuito a todos os agentes públicos e ao cidadão comum as informações necessárias para dar mais transparência nas compras públicas”, afirma Fabiano Zucco, CEO da RCC Soluções em Licitações e idealizador do seminário. Além de disponibilizar os vídeos das palestras, o site vai oferecer também duas plataformas que darão acesso a todas as licitações que acontecem no Brasil.

A ferramenta, criada pela RCC Soluções em Licitações, apresenta vantagens tanto para o poder público quanto para as empresas. Nas prefeituras, o objetivo é facilitar o trabalho nos processos e inibir a corrupçāo. Por meio do sistema, vai ser possível identificar quem são os compradores, os vendedores, os sócios das empresas e os preços praticados no mercado para pregões públicos mais seguros.  Outro benefício que o sistema oferece é o acesso à maior base nacional de micro e pequenas empresas do país.

Já as empresas terão a oportunidade de participar das licitações do maior comprador do Brasil, que é o poder público.  “Muitos empresários não sabem que a prefeitura ou a câmara de vereadores do seu município, por exemplo, está licitando um determinado produto que ele mesmo pode comercializar por meio de licitação. E com a plataforma, que vamos entregar durante o encontro, o empresário vai receber de forma eletrônica todas as licitações do seu ramo de atividade que estão sendo executadas pelos órgãos públicos da sua cidade”, garante Ney Ribas, presidente do Observatório Social do Brasil.

Via RCC

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | | | | |

Mantenedores

Patrocinadores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. A Rede OSB é formada por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.