Relatório divulga ações do Observatório Social

Com atuação do OS, mais de R$6 milhões foram economizados nos primeiros oito meses de 2014 no município

28 de outubro de 2014 17:44

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | |

Os 359 editais de licitações lançados pelo governo municipal de Campo Mourão de janeiro a agosto deste ano foram analisados pelo Observatório Social, que também acompanhou 341 procedimentos de apresentação e abertura das propostas pelos fornecedores participantes dos certames.

No período foram abertos 312 pregões presenciais, 27 tomadas de preço, 18 pregões eletrônicos e duas concorrências públicas. Não aconteceram licitações do tipo maior investimento e 38 licitações abertas acabaram desertas ou fracassadas. Os pregões presenciais movimentaram R$ 13.651.928,29 (com 29,41% de economia), as tomadas de preço somaram R$ 3.664.562,72 (com economia de 20,53%) e os pregões eletrônicos totalizaram R$ 253.079,03 (com economia de 18,92%).

A economia é a diferença entre o valor máximo estipulado em cada edital de licitação aberta e o valor efetivamente contratado. Nos primeiros oito meses a economia obtida foi de R$ 6.694.531,71 (27,59%). Antes da atuação do Observatório Social, a redução média era de dois por cento.

O relatório divulgado pelo Observatório Social de Campo Mourão também apresenta um quadro comparativo – por período – alcançada em pregões presenciais: agosto/2011 a abril/2012 (R$ 4.272.07,33 – 23,88%), maio a novembro/2012 (2.898.754,86 – 35,46%), janeiro a julho/2013 (R$ 3.688.753,68 – 22,78%), julho a dezembro/2013 (R$ 2.543.317,89 – 14,79%), janeiro a agosto/2014 (R$ 5.688.485,67 – 29,41%).

Vinte e cinco cidades do Paraná já contam com Observatório Social. No Brasil são 74, distribuídos em 15 estados: Bahia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo. Campo Mourão tem o segundo OS criado no país.

A entidade desenvolve ações relacionadas as licitações realizadas pela administração municipal, dispensas e inexigibilidade de licitação, entregas dos produtos licitados, execução de serviços contratados, atuação dos vereadores, controle de estoque, controle de frota, cargos comissionados e repasses de dinheiro público a entidades.

Via Ta Sabendo

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br