Paranaguá já possui Observatório Social

Cerimônia de fundação reuniu empresários e entidades no auditório da Bonsenhor Contabilidade

04 de novembro de 2014 18:37

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | |

Com o objetivo principal de evitar gastos desnecessários em licitações públicas foi criado em assembleia geral, no último dia 29 de outubro, o Observatório Social de Paranaguá – OSP. O evento de posse da diretoria reuniu empresários, funcionários públicos, Ministério Público, OAB, OSB, Associação dos Engenheiros, CRC, Fecopar, Sincolpar, RFB, CRA, Maçonaria, Rotary, ACIAP, UNESPAR e UNATI.

 “Estas e outras entidades acreditam que o observatório trará grandes benefícios para a cidade”, destacou o presidente eleito do Observatório de Paranaguá, Everaldo Bonsenhor.

Diretoria do Observatório Social de Paranaguá (Foto: Foto: Divulgação)

Segundo ele, a ideia surgiu há dois anos, após conhecer outros observatórios sociais pelo Paraná e apresentar a iniciativa para um pequeno grupo de empresários em Paranaguá. “Em 2014 o movimento tomou força com o apoio do prefeito municipal, que gostou muito da ideia de que a comunidade poderia estar colaborando com o desenvolvimento da cidade, ajudando-o a evitar gastos desnecessários”, conta.

A partir de agora, explica o presidente do OSP, a diretoria eleita se reunirá semanalmente para formular o planejamento de trabalho para o próximo ano. “Estamos em fase de treinamento para a equipe técnica, este comandado pelo Observatório Social do Brasil que está nos dando o maior apoio nesta fase de implantação. Em 2015 iniciaremos o ano de trabalho efetivo e a expectativa é grande com os trabalhos direcionados para o controle das licitações e contratos, educação fiscal e políticas publicas”, disse.

Os Observatórios atuam, principalmente, no monitoramento das compras públicas em nível municipal, desde a publicação do edital de licitação até a entrega do produto ou serviço. Conforme estimativa do Observatório Social do Brasil (OSB), mais de R$300 milhões foram economizados nos últimos dois anos no país através dos 89 Observatórios Sociais instalados, em 15 estados brasileiros.

 

Diretoria composta:

  • Presidente: Everaldo Bonsenhor
  • Vice-presidente para assuntos de secretariado: Marilene Rodrigues de Oliveira
  • Vice-presidente para assuntos administrativo-financeiros: Elisandro Henrique Leonardi
  • Vice-presidente para assuntos institucionais e de alianças: Arlei Costa Junior
  • Vice-presidente para assuntos de produtos e metodologia: Maike dos Santos
  • Vice-presidente para assuntos de controle social: Jefferson André Laurindo
  • Vice-presidente para assuntos de eventos: Possidonia Brasilio Gonçalves Bonsenhor
  • Vice-presidente para assuntos de políticas públicas: Daniel Gustavo Giaretta Fangueiro

Conselho fiscal

  • Titular: Izabel Cristina Ramos Martins do Carmo
  • Titular: Sami Mohamad Zahra
  • Suplente: Bernardete Maria de Carvalho Leandro
  • Suplente: Fábio Bonsenhor

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br