OS de Niterói coordena debate sobre transparência e controle social no 5º Fórum Rio

Evento será neste sábado (22) e ainda está recebendo inscrições

21 de agosto de 2015 17:20

Neste dia 22 (sábado) o presidente do Observatório Social de Niterói – RJ, Guilherme Magalhães, representará a entidade coordenando uma mesa de debate sobre Transparência e Controle Social no  5º Fórum Rio – Ideias para a Cidade Metropolitana, realizado pela Casa Fluminense, na UERJ/FFP em São Gonçalo – RJ, das 9h às 17h. Este evento está com inscrições abertas tem como objetivo ampliar o diálogo sobre os temas prioritários da Agenda Rio 2017.

O debate sobre Transparência e Controle Social deverá ocorrer entre 9h e 12h e trará como convidados Ricardo Frosini da Agenda 21 – Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) e Carlos Henrique da Controladoria Geral da União (CGU). O público alvo envolve os participantes do Comitê das Agendas 21 nos municípios do Leste Fluminense, delegados das conferências municipais e estaduais da CONSOCIAL, e entidades locais de controle social.

Ao longo do dia haverá outras 10 mesas de debates que serão realizados simultaneamente sobre os seguintes assuntos: Mobilidade Urbana no Leste Metropolitano; Segurança Pública no Leste Metropolitano; Rede de Mobilização Socioambiental de São Gonçalo; Juventude sem fronteiras; Oficina de ativismo: Campanha Jovem Negro Vivo; Infância e a cidade: olhares de crianças sobre São Gonçalo; A regularização fundiária da Região Metropolitana do Rio; Território e invisibilidades: Lutas pelos direitos indígenas e dos pescadores; Ação e coletividades: Comunidades remanescentes de quilombos na RMRJ; Justiça Ambiental e Juventude na Baixada Fluminense.

Na parte da tarde, de 14h às 16h, haverá a plenária Agenda Rio 2017, com apresentação dos encaminhamentos dos debates da parte da manhã e a discussão dos temas prioritários do documento.

Para Guilherme Magalhães, apesar do foco do OS Niterói ser no próprio município,  é preciso ser feito um trabalho conjunto, com urgência, para melhorar a transparência em municípios vizinhos. “Entendemos poder dar nossa contribuição em função do recente ranking dos indicadores básicos de transparência relativos a Lei de Acesso à Informação – levantamento feito pelo Ministério Público Federal – onde os municípios do Leste Fluminense tiveram notas muito baixas”, justificou.

Abaixo as notas de transparência dos municípios do Lesta Fluminense:

Niterói 7,6 – São Gonçalo 6,7 – São Pedro da Aldeia 5,6 – Casimiro de Abreu 4,5 – Cabo Frio 4,4 – Rio das Ostras 3,7 – Araruama 1,9 – Arraial do Cabo 1,6 – Armação dos Búzios 1,2 – Saquarema 0,9 – Duas Barras 0,7 – Rio Bonito 0,6 – Maricá 0,2 – Itaboraí 0,2 – Tanguá zero.

CLIQUE AQUI  para ver o ranking de todo o Estado do Rio de Janeiro

 

 

Para a programação das messas de debate do 5º Fórum Rio – Ideias para a Cidade Metropolitana, e realizar a sua inscrição, acesse http://forumrio.strikingly.com

Sobre:

5º Fórum Rio – Ideias para a Cidade Metropolitana
Data:
22 de agosto de 2015 (sábado)
Hora:
das 09h às 17h
Local: 
UERJ/FFP
Endereço: 
R. Francisco Portela, 1470 – Patronato, São Gonçalo – RJ, 24435-005
Programação e mais informações: http://forumrio.strikingly.com/
Contato: 
(21) 2555-3782/ ramal: 3815 | casa@casafluminense.org.br
Realização:
Casa Fluminense

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br