Observatório Social é lançado durante Feira Internacional de Negócios

Barra Mansa – RJ integra uma rede de mais de 100 observatórios sociais em 19 estados. Presidente do OSB, Ney Ribas, ministrou palestra no lançamento

Publicado para | Controle Social | Destaque | Evento | Fiscalização | Gestão Pública | Monitoramento | Participação popular | Participação social | Transparência | Utilidade Pública em 18 de agosto de 2017 15:44

Na noite de quinta-feira, dia 10, após abertura oficial da 19ª Feira Internacional de Negócios do Sul Fluminense (Flumisul), foi lançado o Observatório Social de Barra Mansa – RJ que visa alcançar melhorias na gestão pública. Na ocasião, o presidente do Observatório Social do Brasil (OSB), Ney da Nóbrega Ribas, ministrou uma palestra sobre o trabalho e a importância do órgão para o desenvolvimento das cidades. O observatório foi idealizado pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico (Codec BM) e não tem fins lucrativos.

Dirigido por uma diretoria executiva e conselhos administrativo e fiscal, o Observatório Social teve a diretoria eleita para os próximos dois anos, durante o lançamento. A presidência ficou a cargo de José Marciano de Oliveira.“Vamos acompanhar de perto a aplicação dos recursos públicos, garantindo que eles sejam efetivamente revertidos em serviços de qualidade à população”, destacou.

Para o presidente do Codec, Arivaldo Corrêa Mattos, a fundação do Observatório Social representa um importante passo para uma verdadeira transparência e um efetivo controle dos gastos públicos. “Acreditamos ser possível fiscalizar e, até mesmo, ajudar a prefeitura a utilizar de maneira mais coerente o dinheiro arrecadado com os impostos. Por isso, trabalhamos muito para a criação do observatório que, a partir de agora, se torna realidade em Barra Mansa”, frisou.

Atualmente, a rede do OSB está presente em 19 estados e mais de 100 cidades. Segundo Ney da Nóbrega Ribas, o órgão atua em quatro pilares: gestão pública, educação fiscal, transparência e ambiente de
negócios. “Os observatórios sociais surgiram no Paraná há dez anos e já alcançamos grandes conquistas
como a redução de até 70% de gastos públicos nas cidades em que atua”, disse, frisando que não
será permitida a participação de voluntários que possuam filiação político-partidária e subordinação
a órgãos públicos observados.

Além de José Marciano, o Conselho Administrativo é composto pelo vice-presidente para assuntos administrativo-financeiros, Xisto Vieira Neto; vice-presidente para assuntos institucionais e de alianças, Manoel dos Santos Duarte; vice-presidente para assuntos de produtos e metodologia: Alicio José Camargo; e vice-presidente para assuntos de controle social, William de Paiva Motta. Já o Conselho Fiscal tem como membros titulares: Alberto dos Santos Pinto; Jair Francisco Gomes; e Ana Claudia Tressoldi; e como suplentes Rafael Milton Teixeira Júnior; Luiz Flávio Vinciprova; e Denyse Singulani.

Clique aqui e veja o pdf da publicação impressa

Via A Voz da Cidade de 12 de agosto de 2017

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | | | | | | | | | | |

Mantenedores

Patrocinadores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. A Rede OSB é formada por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.