Observatório Social de Imbituba premia alunos da Escola Henrique Lage

“Cada Brasileiro pode ser uma Área Livre de Corrupção” foi o tema da redação proposto pelo Observatório aos alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental

06 de novembro de 2014 18:51

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | |

Na manhã desta quarta-feira (29) o Observatório Social de Imbituba, numa parceria com a Escola de Educação Básica Henrique Lage e a Master – Qualificação Profissional, premiou e realizou a entrega dos certificados de participação aos alunos que no período de julho a setembro deste ano concorreram ao 1º Concurso de Redação promovido pela entidade e que teve como Tema: “Cada Brasileiro pode ser uma Área Livre de Corrupção”.

Isadora Borges (2° lugar) (Foto: Divulgação)

O concurso fez parte das atividades do Programa Educação para Cidadania, como uma forma de semear e disseminar a Cidadania Fiscal, objetivando sensibilizar e mobilizar a população, especialmente crianças e jovens, para despertar o interesse pela educação fiscal, pelo cuidado com o patrimônio público, pela ética e também pelo controle dos gastos públicos.

Participaram do concurso 97 alunos do 8º ano do ensino fundamental, os quais concorreram aos prêmios (bolsa de estudo) oferecidos pela Master – Qualificação Profissional.

A aluna Hellen Siduro foi a classificada em primeiro lugar, Isadora Borges em 2º lugar, e Analú Porto em 3º lugar. A aluna vencedora em 1º lugar concorrerá ainda na etapa nacional, que ocorrerá em 31/11/2014, disputando com vencedores de outros 85 observatórios sociais espalhados pelo país.

A assessora da Direção da Escola Henrique Lage, Giane Helena de Brum, participou da entrega dos certificados ao lado do presidente do OSIMB, Jari Luiz Dalbosco e da conselheira Psicóloga Juliana Ribeiro Arantes.

Saiba mais sobre o Observatório Social de Imbituba – OSIMB

A entidade foi fundada em 05 de junho de 2013, a partir de uma assembleia que reuniu vários segmentos representativos da sociedade imbitubense. O OSIMB é pessoa jurídica, em forma de associação, sem fins econômicos com sede na Rua Ernani Cotrin, 243 – sala 203, centro de Imbituba. Foi constituído como um espaço para o exercício da cidadania, democrático e apartidário com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública. 

Cada Observatório Social é integrado por cidadãos brasileiros que transformaram o seu direito de indignar-se em atitude: em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos. São empresários, profissionais, professores, estudantes, funcionários públicos e outros cidadãos que, voluntariamente, entregam-se à causa da justiça social.
O OSIMB prima pelo trabalho técnico, fazendo uso de uma metodologia de monitoramento das compras públicas em nível municipal, desde a publicação do edital de licitação até o acompanhamento da entrega do produto ou serviço, de modo a agir preventivamente no controle social dos gastos públicos. Além disso, atua em outras frentes, como a educação fiscal, a inserção da micro e pequena empresa nos processos licitatórios e a construção de indicadores da gestão pública.

Os Observatórios Sociais (OS) são organizados em rede, coordenada pelo Observatório Social do Brasil (OSB), que assegura a disseminação da metodologia padronizada para atuação dos observadores, promovendo a capacitação e oferecendo o suporte técnico aos OS, além de estabelecer as parcerias estaduais e nacionais para o melhor desempenho das ações locais.

A Rede OSB está presente em mais de 85 cidades, em 16 Estados brasileiros. São cerca de 2 mil voluntários trabalhando pela causa da justiça social nos Observatórios Sociais pelo Brasil afora. Estima-se que, com a contribuição desses voluntários, há uma economia de mais de R$ 300 milhões para os cofres municipais a cada ano. O mais importante não são os números! É a nova cultura que está se formando: da participação do cidadão de olho no dinheiro público.

Os Observatórios Sociais contam com o apoio institucional do Ministério Público de Santa Catarina, com o qual possui um termo de cooperação técnica e em conjunto estão trabalhando na análise dos portais de transparência das prefeituras e câmaras de vereadores (inclusive os de Imbituba) do Tribunal de Contas do Estado, da Controladoria Geral da União e da OAB.

Maiores informações podem ser obtidas na Fan Page (facebook) do Observatório Social de Imbituba, ou no site do Observatório Social do Brasil – http://www.observatoriosocialdobrasil.org.br/– Para entrar em contato, o e-mail do OSIMB é: imbituba@osbrasil.org.br. Fica aberto o convite para todos que quiserem participar deste projeto e ajudar a construir uma cidade melhor. Somente reclamar não basta. Povo passivo, corrupção ativa. Todo tipo de ajuda e participação será bem vinda.

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br