Observatório Social de Brasília é fundado e inicia suas atividades nesta semana

Nova entidade da rede OSB irá começar suas atividades com 25 voluntários, fiscalizando inicialmente compras nas áreas da cultura e saúde no Distrito Federal

12 de novembro de 2013 19:50

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | |

Foi fundado nesta terça-feira (12), na sede do Instituto de Fiscalização e Controle (IFC), o Observatório Social de Brasília, nova frente de atuação da rede OSB para controle e fiscalização de gastos públicos na capital brasileira. O OSBrasília, em sua assembleia de fundação, contou com a filiação 45 pessoas e já irá começar suas atividades com aproximadamente 25 voluntários. Dentre as entidades apoiadoras, além do IFC, participaram: Grupo de Educação Fiscal do Distrito Federal, CADIR-UDF, ANFFA Sindical, Sindireceita DS Brasília, Sindicomlegis, Unacon e CRC-DF. Há também outras 30 entidades que já estão avaliando sua participação.

Estiveram presentes nessa assembleia a Presidente do IFC, Jovita Reis, Presidente do CRC-DF, Adriano Marrocos, Vice-presidente da Unacon, Filipe Leão, Presidente da ANAFIC, Márcio de A. Ribeiro, Diretor do Sindireceita, Luís Fernando Ferreira Costa, Vice-presidente do Sindicomlegis, Paulo Fernando da Costa, Vice-Presidente de Assuntos Parlamentares da ANFIP, Floriano Sá Neto e mais 60 outros cidadãos brasilienses.

Antônio Barros, analista de Finanças e Controle da Controladoria Geral da União e um dos coordenadores voluntários do grupo Observatório Social de Brasília comentou sobre a criação do novo OS. “A mobilização começou formalmente há pelo menos um ano, mas a constituição já vinha sendo desejada há bem mais tempo. Diria mesmo que desde que a experiência dos observatórios foi apresentada em Brasília em setembro de 2009.”

Barros explicou os objetivos e metas a serem atingidas. “Esperamos estabelecer um excelente relacionamento com a Rede OSB de Controle Social e aproveitarmos as experiências já vividas. Localmente, nossas primeiras metas são acompanhar as compras das áreas de saúde e as contratações da área cultural no Distrito Federal”, afirmou o coordenador que também ratificou a importância da nova entidade para o controle: “Para todos nós, é de vital importância o estabelecimento do OSBrasília para o Distrito Federal. Não só por estarmos no centro das decisões políticas nacionais, mas, como capital do país, por precisamos dar o exemplo de que nos importamos com que é nosso e, ao mesmo tempo, de todos: os valiosos recursos públicos. E quem deve dar transmitir essa mensagem a cada um, incentivando e fortalecendo o controle social, não é tão somente o Estado mas todos os cidadãos interessados e organizados em entidades como o Observatório Social de Brasília”.

Barros também falou sobre a criação do OSBrasília para a rádio CBN nesta manhã, confira o áudio:

A sede do OSBrasília será no SHIGS 704, Bloco C, casa 67, parte – Asa Sul, CEP 70.331-753, Brasília-DF, porém a atuação da entidade englobará todas as cidades e regiões administrativas do Distrito Federal.

Todos os interessados que queiram conhecer mais essa iniciativa podem entrar em contato pelo e-mail osbrasilia@gmail.com, ou, visitar a página no facebook, em www.facebook.com/osbrasilia.

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br