Luiziana contará com palestra sobre atuação do Observatório Social

O Paraná é o estado mais representativo em número de observatórios, com 30 entidades. O primeiro OS foi constituído em Maringá (PR), em 2006, visando capacitar cidadãos, sem filiação a partido político, no monitoramento voluntário do uso de dinheiro público pelo município

09 de julho de 2013 17:23

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | |

A Câmara Municipal de Luiziana (PR) sedia, nesta quarta-feira (10), às 19h, nas dependências da Câmara de Vereadores, a reunião de sensibilização que apresentará o trabalho do Observatório Social (OS) aos munícípes. O convite dos organizadores é para toda a população local e contará com a participação de boa parte dos integrantes do grupo gestor do OS de Campo Mourão, inclusive do presidente da entidade, Eloi Bonkoski. A intenção é que em breve a cidade possa contar com a atuação de um OS local, com o apoio técnico do OS de Campo Mourão.

Os mourãoenses vão falar sobre o trabalho realizado pelo OS na cidade, resultados alcançados, sistema de atuação, forma de manutenção e ações desenvolvidas. Em Campo Mourão, representantes da entidade acompanham 100 por cento das licitações realizadas pelo governo municipal e monitoram – por amostragem – a entrega dos produtos adquiridos. No caso de suspeita de irregularidade, o caso é comunicado – primeiramente – à prefeita Regina Dubay e, depois, à Câmara de Vereadores para que providências sejam adotadas. Caso a situação não seja equacionada, o problema é comunicado ao Ministério Público.

O Paraná é o estado mais representativo em número de observatórios, com 30 entidades. O primeiro OS foi constituído em Maringá (PR), em 2006. A ideia era, basicamente, dar treinamento para que qualquer cidadão sem filiação a partido político monitorasse voluntariamente o uso de dinheiro público do município, visto que o então prefeito, Silvio Barros (PP), abrira os dados da prefeitura num portal de transparência na internet.

Campo Mourão foi o segundo município a contar com um Observatório Social. Atualmente a rede de Observatórios Sociais do Brasil (Rede OSB) se estende por mais de 75 municípios em 13 estados e os resultados são otimistas: estima-se que somente em 2012, com o aumento do controle social, os cofres municipais economizaram mais de R$ 305 milhões.

Com informações da assessoria do OS de Campo Mourão, Paran@shop e TáSabendo.com

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br