Halcyon Tours e OSB promovem pedal de 1.700 km para conscientizar cidadãos

Pedal Pacto Pelo Brasil percorrerá 25 cidades, em 3 Estados, de Brasília ao Rio de Janeiro, para incentivar a criação de novos observatórios sociais

Publicado para | Controle Social | Destaque | Evento | Participação popular | Participação social | Transparência | Utilidade Pública em 11 de outubro de 2017 17:22

O que você faria se descobrisse que cada quilômetro pedalado na sua bike pudesse ajudar o Brasil a prevenir a corrupção?  Quanto você estaria disposto a pedalar? Este foi o desafio lançado pela Halcyon Tour, uma empresa de turismo em Brasília, em parceria com o Observatório Social do Brasil (OSB), uma Organização Não Governamental localizada em 19 estados do país.

A ideia do projeto Pedal Pacto Pelo Brasil, segundo o ciclista e presidente da Halcyon Tours, Stéphane Gallet, é conscientizar o cidadão brasileiro sobre a sua participação na política: “A nossa expectativa é criar uma mudança radical no jeito que o Brasileiro encara a sua democracia. Atualmente, está faltando a metade mais importante do sistema: a participação do cidadão.”

Stéphane avaliou 15 Ongs antes de fechar parceria com o OSB, todas com causas muito relevantes, mas para ele, é preciso consertar um problema maior no país: “Nunca foi tão óbvio que a causa dos Observatórios é, realmente, um projeto de imensa importância para o futuro do Brasil e o futuro de cada Brasileiro. Eu acredito que apoiando a transparência, lutando contra a má gestão do dinheiro e a corrupção, liberamos quantidades enormes de dinheiro para apoiar outras causas (saúde, segurança, educação…). Primeiro, devemos focar em criar um sistema político-social que funciona, logo depois podemos focar em outras causas.”

Gallet vai sair de Brasília no dia 18 de outubro, atravessar o estado de Minas Gerais e espera concluir a viagem ao Rio de Janeiro no dia 11 de novembro. Stéphane vai percorrer sozinho mais de 1.700 quilômetros, entre asfalto e estrada de chão, levando uma mensagem de esperança e coragem a todos os brasileiros por essas 25 cidades que ele passar. O objetivo é que mais cidadãos se juntem à causa do Observatório Social e se mobilizem na criação de novas Organizações por essas regiões.

Clique aqui e confira o roteiro completo

Confira o vídeo que explica aventura:

Roni Enara, diretora-executiva do OSB, ressalta que a iniciativa Pedal Pacto Pelo Brasil é inédita no país e acredita que o exemplo pode encorajar os brasileiros a fazer algo semelhante: “A ideia de um estrangeiro, que também ama o Brasil, lutar por nossas causas, pode contagiar as pessoas. É uma atitude tão linda e corajosa! Então vejo que o brasileiro também pode fazer algo, não do mesmo modo; mas na sua casa, no seu bairro, no seu trabalho, no Observatório mais próximo ou até mesmo ajudando a criar um novo, não importa, desde que seja com o mesmo propósito”.

Para ela, o projeto vai incentivar o brasileiro a acompanhar mais de perto as ações dos governos locais e federal: “O cidadão, que paga imposto, é como um acionista dessa empresa. E como acionista ele precisa dizer o que esse gerente deve fazer e como aplicar o seu dinheiro de maneira a ter o melhor resultado. Portanto, por onde o Stéphane passar, ele vai carregar a mensagem de que cada cidadão pode ser tornar um exemplo de área livre de corrupção; que cada um pode ficar de olho na aplicação dos recursos públicos na sua prefeitura, na Câmara dos vereadores do seu município, no Serviço de Unidade de Saúde […]”

Arrecadação de fundos

De forma indireta, o projeto Pedal Pacto Pelo Brasil pretende ainda arrecadar fundos para ajudar a manter os Observatórios já existentes e contribuir para a criação de novos. Todo o valor recebido por empresas, entidades, associações, federações e cidadãos individuais, em troca dos quilômetros pedalados, serão doados para o OSB.

Para ajudar, a pessoa física ou jurídica pode acessar a página do OSB na internet e doar via Mercado Pago por cartão de crédito ou boleto bancário  no endereço: www.osbrasil.org.br ou pelo link no sítio da Halcyon Tours: www.halcyontours.com

   

  

Observatórios Sociais

Os Observatórios Sociais buscam a eficiência da gestão pública e a correta aplicação dos seus recursos. É um trabalho coletivo que envolve entidades representativas, associações, empresários, profissionais de diversas áreas, estudantes, donas de casa, enfim, todo cidadão de modo geral. É um espaço para o exercício da cidadania, que deve ser democrático e apartidário. O primeiro observatório social foi fundado em 2006, no interior do Paraná, e para atender a demanda de criação de novos OS, em 2008, foi fundado o OSB. Hoje os observatórios sociais já funcionam em quase 120 cidades de 19 estados brasileiros.

Halcyon Tours

A Halcyon é uma empresa de turismo especialista em viagens ativas privadas e customizadas. Surgiu na França em 2010 para atender o mercado de cicloturismo e, atualmente, está presente nos Estados Unidos e no Brasil, desde 2014, com oferta de 17 destinos diferentes, sendo 13 europeus e quatro asiáticos.

Por Nayane Fiquer (ASCOM Halcyon Tours) e Comunicação OSB

Mais informações: press@halcyontours.com (61) 9 8273-8357 – Halcyon ou desenvolvimento@osbrasil.org.br (41) 3307-7058 – OSB

Veja outras publicações das mesmas tags: | |

Mantenedores

Patrocinadores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. A Rede OSB é formada por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.