FOBSampa reúne pessoas envolvidas na criação do Observatório Social de São Paulo

O coordenador da Comissão de Projetos Sociais do CRCSP, Marcelo Roberto Monello, e o vice-presidente da Delegacia Sindical de São Paulo do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco), Luiz Fuchs, fizeram a abertura das apresentações e falaram sobre a importância do projeto para o município.

02 de outubro de 2014 15:21

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | | |

Representantes da sociedade civil estiveram reunidos, na última terça-feira, 30 de setembro, para discutir a implantação de um Observatório Social na cidade de São Paulo. O Fórum Observatório Social da Cidade de São Paulo (FOBSampa) ocorreu na sede do CRCSP e teve a participação dos presidentes dos Observatórios Sociais da Itu, Plínio Bernardi Junior, e Ribeirão Preto, Márcio Minoru Garcia Takeuchi.

O coordenador da Comissão de Projetos Sociais do CRCSP, Marcelo Roberto Monello, e o vice-presidente da Delegacia Sindical de São Paulo do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco), Luiz Fuchs, fizeram a abertura das apresentações e falaram sobre a importância do projeto para o município.

Também participaram do encontro os conselheiros do CRCSP Manoel do Nascimento Veríssimo e Mariano Amádio, a diretora do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Sindcont-SP), Celina Coutinho, a representante da Receita Federal Gioia Matilde Alba Tumbiolo Tosi e a assessora jurídica da Associação Paulista de Fundações (APF), Nicole Hoedemaker.

Em sua apresentação, Plínio Bernardi Júnior explicou o que é a entidade e o que ela representa para o município. Segundo ele, o Observatório é “uma associação sem fins lucrativos, independente e apartidária, que promove o controle social, a cidadania e a melhoria da eficiência do gasto público”.

O presidente do Observatório Social de Ribeirão Preto também compartilhou sua experiência e falou sobre a importância do planejamento estratégico para a realização do trabalho de monitoramento do gasto público. Ele também cumprimentou os participantes do encontro pela presença. “Existe uma insatisfação geral com a administração pública. Vocês são aqueles que decidem fazer alguma coisa pra melhorar a situação”, declarou Minoru.

Luiz Fuchs é otimista sobre a criação do Observatório: “a expectativa agora é reunir mais pessoas em torno desta causa para poder materializar o trabalho em São Paulo”. Para Gioia, a criação do Observatório Social em São Paulo é um acontecimento único. “Será uma experiência desafiadora, porque nenhum outro lugar tem a escala de São Paulo. Nós não podemos errar”, afirmou a representante da Receita.

Via CRS SP

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br