Concurso Nacional de Redação estimula boas práticas contra a corrupção

23 municípios do país, onde os Observatórios Sociais de acompanhamento da gestão pública estão instalados, participam da iniciativa

15 de julho de 2014 17:45

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | |

Termina no próximo mês a primeira fase do Concurso Nacional de Redação e de Projetos promovido pelo Observatório Social do Brasil (OSB), que neste ano tem como tema “Cada brasileiro pode se tornar uma área livre de corrupção!”.

A iniciativa, que envolve estudantes do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental, na categoria redação, e 1º, 2º, e 3º anos do Ensino Médio, na categoria projetos, tem a participação de escolas de 23 municípios do país, onde os Observatórios Sociais de acompanhamento da gestão pública estão instalados.

O objetivo é incentivar o exercício de boas práticas entre os jovens, provocando o espírito cidadão e reforçando a ideia de que cada um pode ter atitudes para evitar e combater a corrupção no Brasil.

Toda pessoa, empresa, organização social e órgão público que tenha como princípios e valores as boas práticas de ética, moralidade, transparência, cidadania e profissionalismo, primando por relações saudáveis na família, na escola, empresa, serviço público, eventos sociais, entre outros, pode afirmar ser uma Área livre de corrupção. “Cada cidadão pode assumir o papel de protagonista das mudanças que todos queremos ver no Brasil, praticando e motivando outras pessoas a incorporar as boas práticas de conduta por meio das pequenas atitudes”, disse o presidente do OSB, Ater Cristofoli.

A produção das redações e projetos vai até 30 de agosto. O Concurso é dividido em três etapas: Municipal, Estadual e Nacional.

Instituições de ensino de nove cidades do Paraná, mais a região dos Campos Gerais, estão na competição: Campo Largo, Cascavel, Guarapuava, Irati, Londrina, Mandaguari, Marechal Cândido Rondon, Medianeira e Palmas.

Participam também Santo Antônio de Jesus (BA), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Picos (PI), Erechim e Lajeado (RS), as cidades catarinenses Blumenau, Florianópolis e Imbituba, além de escolas do Estado de São Paulo, Itu, Mococa, São José do Rio Preto e São Sebastião.

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento de Responsabilidade, da ONU registra que, em 2012, entre 177 países pesquisados, a posição do Brasil foi a 73ª em lista dos mais corruptos do mundo e que os valores desviados podem chegar a R$ 200 bilhões por ano. Já o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) diz que a corrupção no Brasil abocanha 32% da arrecadação de impostos.

Mais informações: www.concurso.osbrasil.org.br

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br