3º Congresso Pacto Pelo Brasil será realizado em Curitiba

O maior evento de Controle Social do país será entre 26 e 28 de agosto. Inscrições gratuitas estão disponíveis na hora, no local do evento

06 de agosto de 2019 19:30

Pautar ações em favor da Transparência e da Prevenção à Corrupção é um dos principais desejos do Observatório Social do Brasil (OSB). Pensando nisso, a entidade, juntamente com instituições parceiras, realiza de 26 a 28 de agosto de 2019 o 3º CONGRESSO PACTO PELO BRASIL. Com a temática “Práticas Honestas na Relação Público-Privada”, o evento será realizado no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), na cidade de Curitiba-PR. As inscrições ficaram disponíveis antecipadamente online até o dia 22 de agosto de 2019, mas ainda podem ser feitas na hora, no local do evento, mediante disponibilidade de lugares.

Evento também terá transmissão ao vivo pelo canal do OSB no Youtube (youtube.com/osdobrasil)

Segundo a desenvolvedora de negócios do Sistema OSB, Kênia Dorl, vivemos um período de transformação social. “Esta transformação acontece todos os dias, nas empresas que se negam a entrarem no jogo do “jeitinho brasileiro”, nos órgãos governamentais que desenvolvem ferramentas inovadoras e na ação de milhares de brasileiros que se unem para fazer a diferença e contribuir de fato para a melhoria da gestão pública. A escolha do tema do 3º Congresso Pacto pelo Brasil é justamente para mostrar que há empresas, órgãos governamentais e cidadãos que estão reescrevendo a história e trazendo bons exemplos de como vencer a corrupção nos negócios”, afirma.

Durante as manhãs, serão realizados workshops e eventos paralelos. Já os períodos da tarde e noite serão destinados aos painéis, rodas de conversa, palestras principais e premiações. A programação será dividida por dia: 26 de agosto será o “Dia da Gestão Pública”, com um intercâmbio internacional de prefeituras; 27 de agosto será o “Dia da Integridade”, que trará exemplos de casos concretos e tendências mundiais; e 28 de agosto é o “Dia da Inovação”, com casos e exemplos de inteligência artificial à serviço da eficiência.

Para a alimentação durante o evento, foi realizada uma parceria com o Instituto Gastronomia Humanitária (IGH), que tem como grande diferencial o propósito de conscientizar a população para o não desperdício de alimentos, além de estimular o potencial do ser humano, em cursos de capacitação, promovendo o resgate social e humanitário.

Desperdício de Alimentos também é uma forma de corrupção, então, durante o congresso, será realizada uma ação inovadora: a comida que será servida será preparada com alimentos bons, que seriam descartados pela CEASA do Paraná, por estarem com pequenos defeitos e machucados. O pagamento pelas refeições será no sistema “Pague o Quanto Acha que Vale”, ou seja, sem valor estipulado, os participantes pagam o valor que acharem justo pela refeição. O valor arrecadado será usado para a montagem de uma cozinha especial do IGH, para utilização de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Para o advogado Rodrigo Pironti, é assertivo ter um dia inteiro dedicado ao tema integridade, pois é o assunto central na pauta e na agenda nacional em relação a gestão pública e ao relacionamento público-privado. “A importância se dá pela complexidade do tema, porque o assunto demanda várias questões e ter um dia dedicado permitirá que conversemos sobre a cultura do compliance, os pilares da integridade, gestão de riscos, independência dos canais de denúncia, as características do profissional de compliance, entre outros”, comentou.

Segundo Pironti pouquíssimos eventos se preocupam a dedicar tanto tempo a esse tema. “É tão necessário, pois efetivamente produz resultados práticos no dia-a-dia da empresa e da administração pública”, disse.

Para Cristiano Ferri, Professor no Centro de Formação da Câmara dos Deputados, é extremamente importante ter um dia inteiro dedicado ao tema inovação, em especial inovação no serviço público. “Essa é uma das principais formas de se combater a corrupção, de lutar pela ética e pelo zelo nas coisas públicas. Precisamos sim aplicar tecnologia, novos processos e gerar eficiência”, disse.

Para ele inovação tem a ver com a necessidade de fazermos mais com menos e entregar mais, por isso que é imprescindível que o servidor público e o político do século XXI pensem e implementem inovação. “Temos que estreitar a rede entre empreendedores, servidores públicos, políticos, acadêmicos e cidadão de forma geral e inovarmos em busca de um serviço melhor”, afirmou.

Roni Enara, diretora-executiva do OSB, ressalta que “o 3º Congresso Pacto Pelo Brasil é assertivo no seu tema Práticas Honestas na Relação Público-Privada e mostrará que há muita coisa positiva sendo feita no Brasil, ações inspiradoras com o mesmo propósito: tornar o Brasil uma Área Livre de Corrupção!”.

Essa edição também contará com o lançamento do 1º Prêmio OSB de Jornalismo, que busca incentivar jornalistas a produzir notícias e reportagens sobre boas práticas na relação entre empresas e gestores públicos. A premiação está prevista para dezembro (com data a confirmar) em evento alusivo ao Dia Internacional Contra a Corrupção (9/12) e abrangerá todos os segmentos de veículos de comunicação, como: rádio, televisão, portais de notícias e revistas.

Segundo Roni Enara, “este Prêmio é uma forma de estimular jornalistas a evidenciar, nas suas publicações, práticas positivas que possam inspirar empresários, gestores públicos, profissionais e cidadãos a promover relações éticas e saudáveis, contribuindo para a edificação de uma nova cultura de integridade”.

O período será marcado também pelo 10º ENCONTRO NACIONAL DOS OBSERVATÓRIOS SOCIAIS (ENOS), que acontece em 25 de agosto, um dia antes do 3º Congresso. O objetivo é reunir os dirigentes, técnicos e voluntários dos Observatórios Sociais para disseminar as boas práticas, aperfeiçoar a metodologia e discutir estratégias para expansão do Sistema OSB. Este ano o tema principal é “Somos 140, de um Observatório Só”.

Para a Assessora Executiva do OSB, Letícia Cardoso, o Congresso Pacto Pelo Brasil, além de proporcionar discussão e experiências nos temas de gestão pública, integridade e inovação, convida seus participantes a se tornarem atores na mudança de nosso país, a se engajar no Pacto Pelo Brasil. “Aqueles que vierem para a terceira edição, com certeza voltarão aos seus trabalhos e lares motivados a colocar em prática o que iremos oferecer durante os dias do evento e contribuirão para tornar o Brasil uma Área Livre de Corrupção”, conclui.

Em razão de ser uma proposta de alta relevância em soluções para o Brasil, o 3º CONGRESSO PACTO PELO BRASIL é realizado pelo Observatório Social do Brasil, conta com correalizadores como: UN Global Compact – Cities Programme Brazil Regional Office, Agência CIFAL – Curitiba e a Rede Brasil do Pacto Global da ONU; além dos importantes parceiros, como: Sistema FIEP, JBS, J&F Investimentos, MicroPower Global, Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB), Bolsa Brasileira de Mercadorias, Sancor Seguros e o apoio institucional do Sebrae e estratégico do iCities, Instituto Gastronomia humanitária e Instituto Joanir Zonta (Condor).

Detalhes sobre a programação, palestrantes, serviços, parcerias, investimentos, e outras informações estão disponíveis em www.pactopelobrasil.org.br.

O CONGRESSO

O Congresso Pacto Pelo Brasil é um evento de projeção nacional que reúne especialistas, agentes governamentais, empresários e organizações sociais em painéis temáticos para abordar assuntos relacionados à qualidade na aplicação dos recursos públicos, transparência, controle social, integridade e políticas de compliance, propondo metas e estratégias que possam gerar uma agenda positiva facilitadora da ampliação da transparência, da qualidade na aplicação dos recursos públicos e do enfrentamento à corrupção.

O evento é um desdobramento dos Encontros Nacionais dos Observatórios Sociais do Brasil (ENOS), realizados desde 2012, como forma de estender o debate a outros cidadãos e entidades parceiras no âmbito nacional.

Em sua Primeira Edição (2017) a iniciativa, que surgiu como uma das ações do Pacto Pelo Brasil, reuniu mais de 60 painelistas, incluindo nomes como Dr. Sérgio Moro e Dr. Deltan Dallagnol, e o tema foi “Calamidades X Eficiência da Gestão Pública”. Foram mais de 900 participantes presencialmente e cerca de 13 mil acessos via streaming.

A participação da sociedade na prevenção e no enfrentamento à corrupção foi o mote que dominou a Segunda Edição (2018). Com o tema “Integridade, Tecnologia e Governança”, mais de 2.300 pessoas prestigiaram o evento, que contou com 48 palestrantes – entre eles Neha Das, Gerente de Governança e Anticorrupção do escritório de Nova York do Pacto Global da ONU, e Kevin Barry, Engenheiro Fellow colaborador do Code For América- e 18 painéis, que renderam mais de 27h de transmissão ao vivo pelo Canal do Youtube do OSB.

PACTO PELO BRASIL

O Pacto Pelo Brasil é resultado do movimento Brasil Área Livre de Corrupção, lançado pelo OSB em 2015, durante o 6º ENOS realizado em Brasília. A iniciativa visa, com ações integradas e coordenadas de todos os segmentos da sociedade, a construção de uma agenda positiva nacional que direcione ações para erradicação da corrupção no país.   A proposta é que cada cidadão e cada organização possa, de alguma forma, registrar qual ação realizará para contribuir para um Brasil melhor, começando pela rua, bairro, cidade onde mora, local em que estuda, empresa onde trabalha. “A ideia, desde então, é que os cidadãos e as organizações públicas ou privadas desenvolvam ações de cidadania com o objetivo de se transformar em um exemplo de área livre de corrupção”, afirma Ney Ribas presidente do Sistema OSB.

Observatório Social do Brasil

Um Observatório Social do Brasil é um espaço para o exercício da cidadania, que tem como objetivo contribuir para a eficiência da gestão pública. Cada Observatório Social do Brasil é integrado por cidadãos brasileiros que transformaram o seu direito de indignar-se em atitude e entregam-se à causa da justiça social.

O Observatório Social do Brasil (OSB) nacional é o gestor desse sistema que já é a maior rede de controle social da sociedade civil, com cerca de 1.200 entidades apoiadoras do trabalho dos mais de 3.500 voluntários e técnicos, em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos.

Os Observatórios Sociais do Brasil primam pelo trabalho técnico, fazendo uso de uma metodologia de monitoramento das licitações e dos indicadores sociais do município, com base na execução orçamentária.

Com sede em Curitiba, o OSB atua em todo o território nacional: já são mais de 140 observatórios em atividade, em 17 estados. A previsão para o final de 2019 é a inclusão de mais 20 cidades no Sistema OSB. Graças ao envolvimento dos seus voluntários e técnicos, entre 2014 e 2018, o Observatório Social do Brasil estima ter evitado o desvio ou o desperdício de mais de R$ 3,5 bilhões de reais.

SERVIÇO:

3º CONGRESSO PACTO PELO BRASIL Data: 26 a 28 de agosto de 2019 (segunda à quarta-feira)
Local: Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP)
Endereço: Av. Com. Franco, 1341 – Jardim Botânico, Curitiba – PR, 80215-090
Transmissão ao vivo: youtube.com/osdobrasil
Inscrições: Gratuitas e limitadas apenas no local do evento mediante disponibilidade
Programação e mais informações: www.pactopelobrasil.org.br | 41 3307-7052

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Heitor Stockler de França, 356, sala 101 | Centro Cívico | Curitiba – PR
CEP: 80.030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: contato@osbrasil.org.br